Mídias

Com acordo de R$ 500 mil, Instituto Reação e PetroRio fecham parceria Com acordo de R$ 500 mil, Instituto Reação e PetroRio fecham parceria

20.11.2017

Institucional

Com acordo de R$ 500 mil, Instituto Reação e PetroRio fecham parceria

Acordo prevê ainda patrocínio a quatro atletas da nova geração do judô A PetroRio, uma das maiores empresas independentes de produção de óleo e gás natural do Brasil, é a nova patrocinadora do Instituto Reação, ONG do atleta Flávio Canto que promove o desenvolvimento humano e a inclusão social por meio do esporte e da educação. Para marcar a parceria, que prevê investimento de R$ 500 mil na formação de novos atletas, a empresa realizou a primeira competição de judô em alto-mar, na plataforma de Polvo, na Bacia de Campos. “A PetroRio acredita na contribuição do esporte para o desenvolvimento de jovens e adolescentes e, por isso, está investindo em projetos que incentivem a transformação social e crescimento pessoal. Também apostamos muito em pessoas comprometidas e empenhadas. Nesse contexto, a escolha do Instituto Reação se deu de forma natural por se tratar de uma instituição na formação de atletas da nova geração a partir da educação”, afirma Nelson Queiroz Tanure, CEO da PetroRio. “Compartilhamos o mesmo sonho do Reação. Por isso apoiamos a instituição e os atletas”, complementa. “É um orgulho para o Instituto Reação contar com parceiros que acreditam no trabalho de princípios e valores do esporte com o objetivo de promover a educação e o desenvolvimento humano, investindo nas nossas mais de 1.300 crianças e também em atletas da nova geração individualmente”, comenta Flávio Canto, criador do Instituto Reação. Além dos recursos destinados ao Reação e à formação de jovens no judô, a PetroRio irá patrocinar diretamente quatro atletas: Daniel Andrade, Felipe Almeida, Gabrielle Melo e Carolina Pereira. Aluna do Instituto Reação desde os 14 anos, Carolina é uma grande promessa da categoria Sub 21 ao ganhar a medalha de ouro no Pan-Americano em Cancún, no México, em junho deste ano, aos 19 anos. “Agora eles têm alguém para sonhar por eles, como o mestre Geraldo sonhou por mim”, contou a atleta, se referindo ao coordenador de alto-rendimento do Instituto Reação, Geraldo Bernardes, que é ex-técnico da Seleção Brasileira de judô e descobriu a medalhista olímpica Rafaela Silva. A parceira entre o Instituto e a PetroRio abrange ainda a doação de materiais didáticos e computadores. No evento realizado nesta semana, sob o comando do coordenador de alto-rendimento do Instituto, Geraldo Bernardes, foram disputadas três lutas com a participação de Flávio Canto e os quatro atletas patrocinados pela companhia. Resultados e operação Com um modelo de negócio focado na produção eficiente de campos de petróleo já em fase de produção e na otimização de custos, a PetroRio é uma das maiores empresas independentes de produção de óleo e gás natural do Brasil. Desde janeiro de 2014, a empresa opera o Campo de Polvo, na Bacia de Campos (RJ), onde atualmente produz cerca de 8 mil barris de óleo por dia. O volume posiciona a Companhia entre as dez maiores produtoras do país. Com cerca de R$ 700 milhões em caixa para aquisições no Brasil e no exterior, a empresa visa crescer por meio da compra de ativos em produção, aliada a altíssima eficiência operacional, redução de custos e compromisso com a segurança e o meio ambiente. Recentemente, concluiu a compra da Brasoil, diversificando o portfólio de ativos, com participação de 10% no Campo de Manati (Bacia de Camamu-Almada) e controle dos blocos exploratórios FZA-M-254 e FZA-M-539, na bacia de Foz do Amazonas. A PetroRio teve uma forte expansão em faturamento no primeiro trimestre de 2017, quando a Receita Líquida subiu 80% frente ao mesmo período em 2016, alcançando R$ 74,8 milhões. “O ano de 2017 começou dando o tom para os novos desafios da PetroRio. Para o segundo semestre, estamos empenhados em entregar resultados ainda melhores. Nossa forte posição de caixa reforça nosso apetite por aquisições”, diz Blener Mayhew, CFO da PetroRio. Sobre o Instituto Reação Criado pelo medalhista olímpico Flávio Canto, seu técnico Geraldo Bernardes e amigos em 2003, o Instituto Reação é uma organização não governamental que promove o desenvolvimento humano e a inclusão social por meio do esporte e da educação, fomentando o judô desde a iniciação esportiva até o alto rendimento. A proposta é utilizar o esporte como instrumento educacional e de transformação social, formando faixas pretas dentro e fora do tatame. Mais de 1300 crianças, adolescentes e jovens a partir de 4 anos são beneficiadas em 6 polos: Rocinha, Cidade de Deus – Jacarepaguá, Cidade de Deus – Polo de Iniciação, Tubiacanga, Pequena Cruzada e Deodoro.


Leia Também

06.09.2019

PetroRio promove lançamento do livro do Instituto Reação e debate sobre a transformação social por meio do esporte

Roberto Monteiro, CFO da companhia, destacou que instituição e a companhia compartilham valores como determinação, empenho foco no resultado e meritoc

Continuar lendo

21.08.2019

PetroRio participa de Seminário sobre Competitividade dos Projetos Offshore no Brasil

Companhia realizou painel sobre otimização de resultados dos campos maduros no offshore brasileiro

Continuar lendo

15.08.2019

PetroRio registra receita líquida recorde de R$547,9 milhões no 2TRI

Empresa apresentou Fluxo de Caixa Livre de R$ 287 milhões, a maior geração de caixa da história da companhia

Continuar lendo