Mídias

PetroRio promove lançamento do livro do Instituto Reação e debate sobre a transformação social por meio do esporte PetroRio promove lançamento do livro do Instituto Reação e debate sobre a transformação social por meio do esporte

06.09.2019

Institucional

PetroRio promove lançamento do livro do Instituto Reação e debate sobre a transformação social por meio do esporte

A PetroRio promoveu o lançamento do livro comemorativo aos 15 anos do Instituto Reação, patrocinado pela companhia desde 2017. O CFO (diretor-financeiro) da PetroRio, Roberto Monteiro, destacou a importância da parceria e a conexão entre os valores e princípios do instituto e da empresa, durante a abertura do evento, realizado no Teatro PetroRio das Artes, no Rio de Janeiro. “Conhecemos o Reação em 2017 e logo percebemos que a missão do instituto tinha muito a ver com a nossa filosofia de trabalho, que valoriza garra, determinação, foco no resultado, meritocracia, dedicação e empenho”, afirmou Monteiro, que é praticante de jiu jitsu. A PetroRio apoia as ações socioesportivas do instituto há mais de três anos, e o judoca e medalhista olímpico Flávio Canto, presidente do Reação, agradeceu o suporte da PetroRio. Em tom descontraído, ele e Roberto Monteiro recordaram momentos marcantes da parceria, como uma luta entre os dois e o lançamento do patrocínio ao Reação, comemorado com uma competição e um treino de judô na plataforma do campo de Polvo (bacia de Campos). A ação foi inédita na indústria do petróleo. A inciativa de promover o lançamento do livro do instituto integra o projeto “PetroRio Talks”, que promove debates sobre diversos temas – desde assuntos ligados à indústria de óleo e gás até esporte, cultura, inclusão social, empreendedorismo e empoderamento feminimo. Foi o primeiro realizado no Teatro PetroRio das Artes, também patrocinado pela PetroRio. O evento seguiu com um bate-papo entre Flávio Canto e atletas do Reação e jovens beneficiados pelos programas sociais do instituto, como o de distribuição de bolsas de estudo. Os jovens contaram suas histórias de superação. Rafaela Silva, medalha de ouro nas Jogos Rio-2016, relembrou seu início no Reação e o momento em que quase parou de competir após a Olimípiada de Londres-2012, quando foi desclassifica. “Pensei em parar, mas reagi quando recebi críticas nas redes sociais sobre o meu mau desempenho em 2012. Voltei a treinar no Reação e coloquei na minha cabeça que seria campeã. O resultado veio em 2016.” A congolesa Yolanda Mabika, que veio ao Brasil para o Mundial de judô de 2012 e se refugiou no Brasil para fugir da guerra civil no país, contou seus momentos difíceis até ser acolhida pelo Reação e competir as Olimpíadas Rio-2016 na delegação de refugiados. Raquel Silva, irmã de Rafaela, recordou seu tempo como atleta – ela chegou a ser campeã Pan-Americana – e sua atuação agora com treinadora do Reação.


Leia Também

21.08.2019

PetroRio participa de Seminário sobre Competitividade dos Projetos Offshore no Brasil

Companhia realizou painel sobre otimização de resultados dos campos maduros no offshore brasileiro

Continuar lendo

15.08.2019

PetroRio registra receita líquida recorde de R$547,9 milhões no 2TRI

Empresa apresentou Fluxo de Caixa Livre de R$ 287 milhões, a maior geração de caixa da história da companhia

Continuar lendo

14.08.2019

PetroRio acompanha mercado de gás natural brasileiro

Companhia será patrocinadora do Seminário de Gás Natural 2019 e participará de evento na Bolívia sobre o tema

Continuar lendo