Mídias

PetroRio registra EBITDA ajustado de R$ 216 milhões no 3TRI, com alta de 103% PetroRio registra EBITDA ajustado de R$ 216 milhões no 3TRI, com alta de 103%

31.10.2019

Institucional

PetroRio registra EBITDA ajustado de R$ 216 milhões no 3TRI, com alta de 103%

A PetroRio alcançou no terceiro trimestre de 2019 um dos melhores resultados financeiros de sua história. A receita líquida atingiu R$ 399 milhões, com um aumento de 78% contra o mesmo trimestre de 2018 em função da incorporação de Frade em março de 2019. O EBITDA ajustado, por barril, atingiu seu melhor nível desde o início da operação da empresa, chegando a R$ 31,50, aumento de 15% em relação ao terceiro trimestre de 2018. A margem, por sua vez, foi a maior já registrada em um trimestre, contabilizando 54%. “A alavancagem operacional e a redução dos custos, que terão continuidade durante o quarto trimestre, nos colocam em uma situação privilegiada de geração de caixa livre, permitindo novos financiamentos para investir nos Campos de Polvo e Frade, além de reforçar nossa estratégia de crescimento por meio de novas aquisições”, ressalta Nelson Queiroz Tanure, CEO da PetroRio. No terceiro trimestre, o resultado líquido contábil negativo é atribuído exclusivamente a fatores não-caixa e não recorrentes, impactados pela variação cambial sobre o endividamento da companhia, quase inteiramente dolarizado. A variação cambial, no entanto, não prejudica a geração de caixa da Companhia ou a capacidade de pagar suas dívidas em dólar, já que suas receitas também são dolarizadas. Os bons resultados se devem também à captura de sinergias e adequação dos contratos operacionais entre Frade e Polvo, que contribuíram ainda para a redução do lifting cost em 14% no terceiro trimestre frente à igual período de 2018. A produção total da PetroRio cresceu 52,2% no terceiro trimestre contra o mesmo período de 2018. O aumento é devido à incorporação da participação dos 51,74% do Campo de Frade no segundo trimestre deste ano, que impactou positivamente o período. INDICADORES ACUMULADOS EM 2019 De janeiro a setembro, a PetroRio acumulou diversos recordes em seus indicadores. A receita líquida chegou a R$ 1,1 bilhão, 87% maior que os R$ 581,2 milhões apurados em 2018. Já o EBITDA ajustado alcançou R$ 513,8 milhões. Ao longo dos últimos 12 meses, a companhia contratou novos financiamentos para fazer frente às aquisições concluídas no ano, otimizar sua estrutura de capital e financiar o desenvolvimento dos reservatórios do campo de Polvo. “A PetroRio continua na trajetória planejada quando constituiu seu modelo de negócios, em uma curva ascendente de produção e ótimos retornos financeiros. Esperamos continuar entregando os resultados dos planos que traçamos há anos para nos firmarmos como a maior companhia independente de óleo e gás do país”, ressaltou o CEO da PetroRio.


Leia Também

03.02.2020

PetroRio compra embarcação e 80% do campo de Tubarão Martelo

Aquisição do FPSO OSX-3, por cerca de R$ 600 mi, permite criação de polo conjunto com campo de Polvo e redução de custos, aumento de produção, reserva

Continuar lendo

11.12.2019

Stand up em alto mar: PetroRio promove show de humor para colaboradores embarcados

Em mais uma ação inovadora, a Companhia promoveu um show de stand up comedy com o comediante Paulinho Serra para 136 funcionários em navio de petróleo

Continuar lendo

10.12.2019

PetroRio recebe jovens profissionais do setor de óleo e gás

Nelson Queiroz Tanure participou do evento “Uma Jornada até o Topo” com dicas e troca de experiências sobre como se destacar na carreira

Continuar lendo