Mídias

PetroRio registra receita líquida recorde de R$547,9 milhões no 2TRI PetroRio registra receita líquida recorde de R$547,9 milhões no 2TRI

15.08.2019

Institucional

PetroRio registra receita líquida recorde de R$547,9 milhões no 2TRI

A PetroRio, maior companhia independente de óleo e gás do país, fechou o segundo trimestre de 2019 com recordes em métricas operacionais e financeiras, consolidando o sucesso da aquisição e integração do Campo de Frade. A receita líquida registrou recorde de R$547,9 milhões, resultado atribuído ao aumento no número de barris vendidos, decorrentes da fatia de 52% de Frade e ao maior volume de produção em Polvo. A produção total da companhia cresceu 73% no primeiro semestre de 2019 em relação ao primeiro semestre de 2018. Como principal destaque operacional no trimestre, a produção de Frade teve incremento de 12% ano contra ano como resultado de medidas, como a injeção de gás, para redução de declínio no Campo, após a companhia assumir completamente a operação. O Fluxo de Caixa Livre também foi destaque, com R$ 287 milhões, a maior geração de caixa da história da companhia. “Os resultados deste trimestre reforçam nossa estratégia bem-sucedida. Estas conquistas foram possibilitadas devido ao trabalho e empenho de todos na PetroRio. Foi um período de recordes, como volume de vendas, produção, receita, EBITDA e lifting cost. Olhando o futuro, estamos empenhados em extrair o potencial máximo dos nossos dois campos operados, além de buscar novas aquisições, onde esperamos criar ainda mais valor para nossos acionistas”, ressalta Nelson Queiroz Tanure, CEO da PetroRio. O lifting cost total da empresa apresentou redução de 29% ano contra ano e de 22% frente ao primeiro trimestre. A melhora se deve às sinergias entre as operações de Frade e Polvo, e iniciativas de redução de custos operacionais implementadas a partir da consolidação das operações. A PetroRio também teve EBITDA ajustado de R$ 262,3 milhões, no segundo trimestre, 184% superior ao mesmo período do ano passado e 643% acima do primeiro trimestre de 2019. Campo de Frade Sobre a operação de Frade, a eficiência operacional no trimestre atingiu 99,1% e não há shutdowns programados para o ano de 2019 no Campo. O projeto global de revitalização do Campo foi dividido em 2 fases e considera a perfuração de 4 poços produtores e 3 injetores. A 1ª fase do projeto global prevê 1 poço produtor e 2 poços injetores e tem início previsto para o 2º semestre de 2020. Campo de Polvo Nos seis primeiros meses de 2019, a produção de Polvo foi 46% maior quando comparada ao primeiro semestre de 2018, fruto da Campanha de Perfuração do ano passado. Com base nestes resultados, a PetroRio mapeou 22 prospectos com potencial petrolífero para uma nova campanha de perfuração em 2019, que terá início em setembro, e espera perfurar até quatro prospectos este ano. O custo estimado dos quatro poços somará entre US$ 30 milhões e US$ 60 milhões, a depender da comercialidade de cada um deles. A estimativa é de que cada poço poderá gerar até 2.000 barris adicionais por dia para a produção da companhia.


Leia Também

06.09.2019

PetroRio promove lançamento do livro do Instituto Reação e debate sobre a transformação social por meio do esporte

Roberto Monteiro, CFO da companhia, destacou que instituição e a companhia compartilham valores como determinação, empenho foco no resultado e meritoc

Continuar lendo

21.08.2019

PetroRio participa de Seminário sobre Competitividade dos Projetos Offshore no Brasil

Companhia realizou painel sobre otimização de resultados dos campos maduros no offshore brasileiro

Continuar lendo

14.08.2019

PetroRio acompanha mercado de gás natural brasileiro

Companhia será patrocinadora do Seminário de Gás Natural 2019 e participará de evento na Bolívia sobre o tema

Continuar lendo