Mídias

Primeira edição do PetroRio Talks traz liderança feminina como tema Primeira edição do PetroRio Talks traz liderança feminina como tema

18.03.2019

Institucional

Primeira edição do PetroRio Talks traz liderança feminina como tema

A PetroRio lançou na última sexta-feira (15) o PetroRio Talks, que teve como tema Liderança Feminina, em homenagem ao Dia Internacional da Mulher. Os encontros acontecerão todos os meses com convidados relevantes para abordar assuntos como segurança, sustentabilidade, responsabilidade social, cultura, inovação e desenvolvimento. A iniciativa é parte da estratégia da empresa de realizar uma série de ações inovadoras ao longo do ano, reforçando seus pilares de atuação no mercado e o seu DNA jovem e empreendedor. Ao longo dos quatro anos de operação, a PetroRio vem garantindo bons resultados e sendo exemplo de superação para alcançar seu objetivo de fazer melhor do que ontem, sempre. Esta é mais uma iniciativa da empresa, que tem como característica a ousadia e a determinação em sua história. Nesta primeira edição, o evento contou com profissionais do setor de óleo e gás, que destacaram os desafios enfrentados ao longo de suas trajetórias, fortalecendo sua atuação em uma indústria majoritariamente masculina. “No PetroRio Talks traremos vários assuntos interessantes e que estão quentes no momento, o primeiro deles me deixa muito orgulhoso, pois vamos celebrar e homenagear o Dia Internacional da Mulher. Aqui na companhia sempre buscamos nos processos de recrutamento os profissionais mais competentes e dedicados, que vão agregar para o nosso negócio. A prova da capacidade das mulheres é que hoje elas já representam metade da força de trabalho da nossa empresa”, declarou Nelson Queiroz Tanure, CEO da PetroRio. Uma das convidadas foi a engenheira Cristina Pinho, que trabalhou durante 30 anos em grandes empresas da indústria e hoje é subsecretária de Petróleo no RJ. Em sua palestra, ela deu algumas dicas para mulheres aperfeiçoarem temas como plano de carreira, autopromoção, influência de níveis superiores, entre outros. Além disso, reforçou que não há barreiras para o progresso de cada uma dessas profissionais e que a diversidade é uma coisa positiva para todos. “Eu trouxe dados interessantes sobre um estudo recente, realizado pela Mackenzie. Empresas que se destacam em diversidade de gênero têm 21% a mais de probabilidade de obter uma melhor performance financeira. Quando essa diversidade amplia para outros âmbitos como gênero e raça, o percentual sobe ainda mais, para 27%”, destacou. “Tudo isso porque é importante ter maneiras diferentes de pensar, visões e vivências diversificadas, que trarão novas soluções e formas de atuação”, explicou a executiva. Outra palestrante foi a engenheira de petróleo Barbara Cavalcante, que trabalha atualmente em uma empresa do setor e também é voluntária da Society of Petroleum Engineers (SPE), maior organização individual que atende profissionais em todo o mundo na indústria de petróleo e gás. A convidada contou um pouco de sua trajetória e sobre a atuação no comitê Women in Energy (WIN), criado na SPE com a ideia de divulgar e promover a diversidade de gênero no mercado do óleo e gás e trazer um campo produtivo para as mulheres conseguirem alcançar suas metas de carreiras. “Uma das atividades que fazemos no WIN são palestras em escolas e universidades, contando como é nosso dia a dia, como é trabalhar embarcado e, desta forma, plantar a sementinha na cabeça de meninas e jovens de que é possível, sim, seguir carreiras nesta área. Todas nós somos capazes e precisamos acreditar nisso desde cedo. Além disso, a SPE também promove e auxilia o networking feminino, para aumentar a inserção e o conhecimento de mulheres neste mercado”, contou Barbara. Foi realizada ainda palestra da atriz e roteirista Suzana Pires, que fundou o Instituto Dona de Si, idealizador de projetos para o aumento do número de mulheres em carreiras nas quais são minoria, como tecnologia, narrativas (roteiristas e diretoras) e mercado financeiro. “Temos um DNA histórico de que temos limitações e empecilhos no nosso caminho, mas, para mudarmos isso, precisamos nos unir. A união modifica esses parâmetros criados desde sempre e que até hoje, muitas vezes, acreditamos neles”, explicou a atriz. “Por mais que vocês trabalhem em uma empresa que seja simpática e empática à diversidade de gênero, não esqueçam que estamos inseridos em uma cultura. E para mudarmos esta realidade é importante este tipo de evento e ouvirmos umas às outras. Temos que olhar para uma mulher não como competidora, mas como uma igual”, concluiu. O evento foi finalizado com um brinde a todas as mulheres presentes, que puderam trocar experiências, contar suas histórias e ouvir as palestras de grandes inspirações femininas. As próximas edições do PetroRio Talks contarão com o mesmo formato e convidados de pesos para discussão dos temas selecionados.


Leia Também

06.09.2019

PetroRio promove lançamento do livro do Instituto Reação e debate sobre a transformação social por meio do esporte

Roberto Monteiro, CFO da companhia, destacou que instituição e a companhia compartilham valores como determinação, empenho foco no resultado e meritoc

Continuar lendo

21.08.2019

PetroRio participa de Seminário sobre Competitividade dos Projetos Offshore no Brasil

Companhia realizou painel sobre otimização de resultados dos campos maduros no offshore brasileiro

Continuar lendo

15.08.2019

PetroRio registra receita líquida recorde de R$547,9 milhões no 2TRI

Empresa apresentou Fluxo de Caixa Livre de R$ 287 milhões, a maior geração de caixa da história da companhia

Continuar lendo